Notícias

13 de Agosto: Tsunami da educação e aposentadoria

13A é Dia Nacional de Mobilizações, Paralisações e Greves contra a Reforma da Previdência e em Defesa da Educação, com manifestações de rua, no trabalho e escolas. Nota da Intersindical, a seguir.

13 DE AGOSTO – Tsunami em defesa da educação e da aposentadoria

Após o recesso parlamentar de julho, o Congresso retornará suas atividades no dia 5 de agosto e, com isso, será reforçada a pressão popular contra os cortes na educação e o projeto de reforma da Previdência junto aos deputados e senadores.

Em Brasília, está agendada para dia 6 de agosto a votação, na Câmara dos Deputados, do segundo turno da PEC 06/2019, a PEC do fim da aposentadoria. Dirigentes sindicais de diversas categorias e representações das centrais vão realizar a pressão corpo a corpo junto aos parlamentares contra o projeto.

Nos estados, na semana do dia 5 a 9 de agosto será intensificada a ação junto às bases eleitorais dos deputados, seja na Coleta de Assinaturas do Abaixo-Assinado Contra o Fim da Aposentadoria, seja nas redes sociais. O objetivo é elevar a temperatura, e obrigar os deputados que traíram seus eleitores na votação do 1° turno da PEC 06/2019 a se explicarem.

 

13A: Dia Nacional de Mobilizações, Paralisações e Greves contra a Reforma da Previdência e em Defesa da Educação

No dia 13 de Agosto (13A) a Confederação Nacional da Educação (CNTE), as centrais sindicais e a União Nacional dos Estudantes (UNE) estão convocando mais um TSUNAMI de manifestações de rua, a exemplo das que ocorreram nos dias 15 e 30 de maio deste ano, contra o ataques à educação e à Previdência feitos pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) e Paulo Guedes, o ministro dos banqueiros.

O 13A será o Dia Nacional de Mobilizações, Paralisações e Greves contra a Reforma da Previdência e em Defesa da Educação, com previsão de atividades em todo o país. Além das manifestações de rua, este dia de luta será marcado por paralisações, assembleia e mobilizações nos locais de trabalho, escolas e universidades.

“No dia 13 de agosto colocaremos o Brasil em movimento em defesa dos direitos à educação e à aposentadoria. Não tem arrego! No amor ou na dor, vamos virar este jogo”, afirma o secretário-geral da Intersindical – Central da Classe Trabalhadora Edson Carneiro Índio.

 

Defender a aposentadoria e a educação são nossas prioridades

A Intersindical tem na atual conjuntura a defesa da Aposentadoria e da Educação como prioridades. Neste sentido, orienta os sindicatos e movimentos filiados a reforçarem:

1) o trabalho de coleta de assinaturas do Abaixo Assinado;

2) a mobilização dos dirigentes sindicais, em especial aos do entorno de Brasília, a se concentraram na pressão junto aos parlamentares a partir do dia 05 de agosto;

3) a atuação nas bases eleitorais dos parlamentares e nas Redes sociais,

4) a mobilização em seus espaços de atuação para o 13 de Agosto (13A).

Não cederemos às manobras do governo, em especial à compra de voto que realizou na Câmara dos Deputados. Já conseguimos retirar parte das maldades da PEC 06/2019. Agora temos de atuar para enterrar esta proposta de uma vez por todas.

 

Fonte: https://www.intersindicalcentral.com.br/13-de-agosto-tsunami-em-defesa-da-educacao-e-da-aposentadoria/#.XURcEehKjIU

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: