Notícias

História

A primeira vítima: EUA, Ucrânia, OTAN e Rússia manipulam informações sobre a guerra

11 de março de 2022 // 1 comentário

 Por Jorge Almeida. Há 151 anos, nos estertores da Guerra Franco-Prussiana de 1870/71, às vésperas da crise mundial de 1873 e do alvorecer da fase imperialista do capitalismo, Karl Marx fez uma interessante denúncia das fake news. Em março de 1871, a guerra chegava ao final, com os prussianos cercando Paris e consolidando sua vitória. Então, os trabalhadores e trabalhadoras da capital francesa se levantaram, em insurreição, contra seu próprio governo. Resolveram fazer uma guerra [Leia mais]

O PSOL deve lutar pelo direito democrático de existir sem renunciar a sua independência política

19 de fevereiro de 2022 // 1 comentário

Nota da APS sobre a Federação do PSOL com a Rede Nos últimos meses diversos partidos passaram a se movimentar para montar federações que permitam superar a cláusula de barreira, mais rigorosa agora do que sua primeira fase em 2018. No PSOL esse debate foi realizado colocando como possibilidade a federação com a Rede Sustentabilidade e o PCdoB. É certo que a legislação eleitoral brasileira privilegia os partidos de aluguel e os conglomerados políticos sustentados pelo grande capital. [Leia mais]

¿Adónde va Chile? Um olhar afetivo e político

21 de janeiro de 2022 // 1 comentário

As efervescências populares — de ontem e hoje –, vistas por um professor brasileiro que vivenciou o Chile pré-Allende. As promessas (ainda moderadas) de Boric. Como a nova esquerda pode evitar fracassos como os da Grécia e Espanha. Por Jorge Almeida*. O candidato da esquerda, Gabriel Boric, venceu a eleição para a Presidência da República do Chile, derrotando um candidato neofacista explicitamente defensor do regime ditatorial sanguinário do General Pinochet e de políticas [Leia mais]

Aventura ultraliberal e neofascista do capital

16 de junho de 2020 // 1 comentário

A caracterização política de um governo se define pelo seu caráter ideológico e cultural, sua missão política econômica, relação com as classes sociais e o Estado, num determinado contexto nacional e internacional do desenvolvimento do capitalismo. Os fascistas fizeram arder no inferno cristão as esperanças humanistas da Europa, a exemplo dos casos mais clássicos na História: Itália e Alemanha. Isto resultou em condições bem específicas ligadas à crise do capitalismo e da [Leia mais]